MedeirosNeto.Com

Posto Deca Lopes
Só Pão
Casa do Pão
Farmácia Medeiros Neto
Zé Carlos e Silvânia
Marlon Fitness
O Ribeirão

Medeiros Neto, Sábado, 15 de Julho de 2017 - Atualizado em 15/07/2017 16:57

violência doméstica: Briga de casal acaba em agressões e lesão por faca no bairro olaria em Medeiros Neto: Marido foi preso em flagrante


Na noite desta sexta-feira, 14 de julho, por volta das 21h30, a Polícia Militar de Medeiros Neto foi acionada através da Central para atender a uma ocorrência de violência doméstica, fato ocorrido na Rua São Francisco, no Bairro Olaria. Uma guarnição da 44ª CIPM se dirigiu até o local informado e confirmou a agressão, prendendo em flagrante, Genilson Pereira dos Santos, 29 anos de idade, morador do referido endereço.

A vítima foi encontrada em desespero, chorando muito e com hematomas no olho e cabeça. A Polícia Militar conduziu a vítima para o Hospital de Medeiros Neto para que fosse medicada e depois a apresentou na sede do Plantão Regional, para formalizar a queixa por agressão. O acusado também passou pelo hospital, pois estava com um ferimento a faca. O casal foi apresentado à delegada Rosângela Sousa, para as devidas providências.

“Não é a primeira vez que ele me bate, eu quero largar ele e ele fica me seguindo, e diz que vai me matar, eu tenho medo. Eu furei ele com a faca depois que ele falou que ia me matar e pegou uma faca e veio para cima de mim. Aí eu peguei uma faca também para me defender”, disse a vítima. Já o acusado nega ter batido na mulher e diz que os ferimentos dela foi porque ela caiu. “Eu coloquei a perna ela caiu e bateu a cabeça no chão”, explicou o acusado.

“Eu não bati nela. Primeiro ela pegou uma faca para me furar. Eu tenho um filho de 03 anos com ela. Vou atrás dela que quero viver, criar nosso filho. A gente estava tomado e ia dormir. Ela foi para o bar e discutimos. Eu nunca tirei sangue dela. Mas, depois disso, eu que não quero mais”, acrescentou.  

Após oitiva a delegada Rosângela Sousa autuou o acusado por crime de lesão corporal, com base na Lei Maria da Penha, e arbitrou fiança, caso ele pague, irá responder em liberdade. O caso será encaminhado aos cuidados da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM).

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews


Comentários Comentar


  • Cláudia

    Medeiros neto , Olaria
    Olha cara desse marginal.cadeia pra ele é pouco !

  • Cláudia

    Medeiros neto , Olaria
    Olha cara desse marginal.cadeia pra ele é pouco !

  • Maria da Penha

    Medeiros neto, Ba
    Agridem as mulheres de depois não fez nada, tem enquadra o agressor na lei Maria da Penha. A cada dia os casos de violência doméstica vem aumentando. Mulher não é objeto! Para isso existe uma lei em nosso país. Vamos denunciar!

Comentar na notícia